Conecte-se a nós

Notícias

Dia D imuniza mais de 8 mil crianças

Published

em

Lages, 14/06/2010, Correio Lageano

 


A campanha de vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil) começou no sábado (12) e vai até dia 18 de junho. A meta é vacinar 12.400 crianças em Lages e, só no sábado (12), foram vacinadas 8 mil.


O tema da campanha deste ano é a Copa do Mundo. Com o slogan “Vacinei, é Gol”, as crianças que se vacinaram na Vigilância Epidemiológica, ganharam doces. Mas, em alguns postos de saúde, como o do bairro Vila Mariza, havia além da decoração, vários brinquedos. “Esta é uma forma de atrair as crianças”, explica Odila Waldrich, complementando que cerca de 200 profissionais de saúde atuaram nas unidades. Na última campanha contra a poliomielite, Lages ultrapassou 100% da meta, que era de 11 mil crianças imunizadas.


Cristiane Garcez, 34 anos, levou seu filho Carlos Eduardo Garcez Mattos para tomar a dose da polio. “É importante esta vacina, pois assim não se corre o risco de pegar a doença”, ressaltou. Carlos, apesar de ter apenas 4 anos estava corajoso e depois foi ansioso pegar os doces. “Eu não choro, porque a vacina não me deixa ficar doente”, falou o menino.


Já contra a Gripe A, a meta era de 70 mil pessoas em Lages e também já foi superada, atingindo mais de 76 mil. “Sábado, foi o último dia para quem ainda não tinha tomado a vacina contra a Gripe A”, lembrou Odila.

 

 

A importância da vacina

A poliomielite (paralisia infantil) é uma doença em erradicação pela vacinação dirigida pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A doença é causada por um vírus que provoca paralisia por vezes mortal. É mais comum em crianças, mas também ocorre em adultos, com a transmissão do poliovírus.

 

A transmissão ocorre geralmente através de contato fecal-oral, o que é crítico em situações nas quais as condições sanitárias e de higiene são inadequadas. Crianças de pouca idade, ainda sem hábitos de higiene desenvolvidos, estão particularmente sob risco.

 

O poliovírus também pode ser disseminado por contaminação fecal de água e alimentos. Os seres humanos são os únicos atingidos e, portanto, a vacinação universal pode erradicar essa doença completamente.

 

Fotos: Susana Küster

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: