Conecte-se a nós

Notícias

Cuidados com o meio ambiente nas escolas

Published

em

Lages, 28/05/2010, Correio Lageano

 

Preocupadas em amenizar os danos que estão sendo causados ao meio ambiente, a professora de química Viviane Spinelli Schein e a bióloga Josiane Cardoso, desenvolveram um trabalho de pesquisa e conscientização nas escolas, tendo como alvo a reciclagem de lixo e do óleo de cozinha. O trabalho foi dividido em duas etapas: a primeira será de palestras e a segunda de aulas práticas.


Os trabalhos de pesquisa iniciaram em março deste ano e, de acordo com a professora Viviane,  a escolha em desenvolver estudo sobre como as pessoas devem eliminar o óleo de cozinha após o uso, deu-se pelo fato de que este gera resíduos tóxicos ao meio ambiente e quando consumido em grande quantidade e não reaproveitado de maneira correta, as pessoas o lançam ao meio ambiente. “No entanto, a melhor atitude é despejar em um recipiente e colocar junto ao lixo comum, se jogado em solos ou pias, a agressão ao meio ambiente será muito maior”, diz a professora.


A ideia em reciclar o lixo de maneira correta, segundo a professora Josiane, surgiu com alvo nas escolas, a fim de que façam a coleta seletiva de lixo.


Pelo projeto, alunos bolsistas e voluntários do curso de Engenharia Ambiental do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV) são responsáveis pelas palestras de conscientização e organização da coleta seletiva do lixo nas escolas, sendo que as palestras são ministradas todas as quartas e sextas-feiras pela manhã, na Escola de Educação Básica Rubens de Arruda Ramos.
Após o período de aprendizagem teórica, a segunda etapa será destinada às oficinas práticas voltadas ao ensino do reaproveitamento do óleo de cozinha como sabão industrial, a fim de gerar renda.


Durante as palestras, os alunos demonstram preocupação ao conhecerem os danos  causados ao meio ambiente com a falta de preservação e também a falta de ações para a manutenção dos recursos naturais.


 A aluna Maiara Bandeira (11) diz que aprendeu a não deixar o óleo ser um fator de contaminação nos rios. “O óleo de cozinha não pode ir para os rios, pois contamina e isso gera danos à nossa saúde, o lixo deve ser jogado nas lixeiras certas pois cada um deles tem um destino diferente”.
De acordo com a professora Josiane, as coletas seletivas devem iniciar nos colégios por meio do projeto, a partir do segundo semestre.

fotos: Daniele Melo

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: