Conecte-se a nós

Notícias

Criminosos aplicam golpe do empréstimo em lageanos

Published

em

Foto: Reprodução/ Divulgação

Um novo golpe financeiro tem feito vítimas em Lages. Desta vez, os golpistas se passam por uma empresa de empréstimos, pelas redes sociais, e cobram dos supostos clientes taxas de até R$ 300. O coordenador do Procon de Lages, Júlio Borba, explica que, na última semana, recebeu algumas notificações sobre os casos e uma família já procurou o órgão.

A família lageana vítima do golpe chegou aos golpistas pelo Facebook. Em um anúncio nas redes sociais, com o nome Crédito Brasileiro SP, entram em contato e trocaram mensagens por Whatsapp. A troca de documentação é feita totalmente pelas redes sociais, até mesmo o preenchimento do contrato. No documento, destaca que a empresa tem sede em São José do Rio Preto, em São Paulo.  

Para o Procon, a família revela que precisava de um empréstimo de R$ 3 mil e foi oferecido R$ 5 mil. Desde então, tem recebido cobranças de R$ 300 e já chegaram a pagar R$ 900 que, segundo a empresa, é usado para o pagamento de taxas e impostos. Quando decidiram encerrar o contrato, a família foi informada que teria de pagar multa de R$ 999,99 e se não acertasse este valor, teriam o CPF bloqueado.

No Facebook, a página da empresa declara que a “O empréstimo online também se destaca pela segurança que oferece sobre toda a questão financeira que envolve este tipo de operação” e destaca que, “no entanto, é fundamental que o consumidor tenha consciência do histórico e da credibilidade da empresa que está ofertando o empréstimo”. Além disso, nos comentários da página da empresa, perfis fakes atestam a credibilidade da empresa e as postagens oficiais possuem erros de português, características claras de golpes.

Até o momento, a família não recebeu o valor acertado e entrou em contato com o Procon, para tentar reverter a situação. Júlio explica que agora, o órgão tentará entrar em contato com os responsáveis pela empresa e tentar auxiliar a família.

Ele também ressalta que, eles não são os únicos e que já houve casos parecidos em Lages. O próximo passo, segundo Júlio, é entrar em contato com a Polícia Civil e evitar que novos casos como este aconteçam.

Compartilhe

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais