Conecte-se a nós

Notícias

CPI da Infelicidade prepara relatório final das oitivas

Published

em

Foto: Arquivo/CL

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), instaurada na Câmara de Vereadores de Lages para investigar supostas irregularidades envolvendo a decoração do Natal Felicidade 2016, encerrou as oitivas em 31 de janeiro. Ao todo, foram ouvidas 18 pessoas em quatro reuniões, que tiveram início no mês de dezembro.

A partir de agora, o relatório deve ser elaborado pelo relator da comissão, o vereador Lucas Neves (PP) – ele estima que concluirá o material até a próxima semana.

Na segunda-feira, 19, o relatório será compartilhado com os demais vereadores da comissão, antes da apreciação final. “Nosso objetivo é trazer às claras toda e qualquer irregularidade que tenha sido cometida na administração pública municipal”, comenta o relator Lucas Neves.

A CPI da Infelicidade apura suposto sumiço de materiais de decoração natalina do Natal de 2016. Os objetos teriam desaparecido do barracão, que fica na Avenida Marechal Floriano, e foi alugado pela prefeitura. Além dos vereadores, o Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), por meio do Grupo de Atuação às Organizações Criminosas (Gaeco), também investiga o caso.

Outro ponto que a CPI pretende esclarecer é a relação de Lages com a cidade de Paulo Frontin (PR). A comissão tem informação de que Lages teria emprestado material de decoração para o prefeito da cidade paranaense, Sebastião Elias.

A expectativa é de que o relatório final seja concluído no início de março. Quando deverá ser apresentado em sessão extraordinária no Legislativo. A CPI tem até o dia 14 de março para encerrar os trabalhos. O relator da comissão, garantiu, porém, que a apuração será concluída dentro do prazo.

O documento também deverá ser encaminhado ao Ministério Público e aos demais interessados, Prefeitura de Lages e de Paulo Frontin.

 

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio
%d blogueiros gostam disto: