Conecte-se a nós

Notícias

Correios atrasam entrega de mercadorias e surgem reclamações

Published

em

Foto: Tânia Rego/Agência Brasil/ Divulgação

As entregas realizadas pelos Correios têm tido problemas com relação ao cumprimento de prazos, é o que afirmam os consumidores, que reclamam que as encomendas têm chegado com muito atraso e afirmam que o problema persiste desde o fim do ano passado.

Para não pagar as contas depois do prazo do vencimento, a dona de casa Leonilda Oliveira Gomes têm impresso os boletos através da internet. Faturas de cartão e telefone têm chegado na sua caixa de Correio quando está perto do vencimento das faturas do mês seguinte. “Já reclamei no 0800 dos Correios, mas nada mudou. E o pior é que às vezes tem que pagar juros das contas, porque elas não chegam no prazo de pagar”.

Os estabelecimentos também enfrentam problemas com a entrega. O vendedor de uma loja de acessórios de celulares, Luiz Gustavo dos Santos, afirma que o atraso maior aconteceu durante o fim do ano, próximo ao Natal. “As mercadorias que são importadas demoram ainda mais”.

Correios

Em nota, a assessoria de imprensa do órgão informa que está com problemas de transporte a partir de São Paulo, gerando alguns atrasos pontuais de encomendas, especificamente as econômicas (não-Sedex). “O período mais crítico já foi superado. A partir desta semana, a condição de transporte está se normalizando e devemos ter a melhoria dos prazos. A causa mais específica foi o descumprimento de contrato de fornecedor”, informa o documento.

O órgão afirma que o atraso foi mais sentido nas encomendas econômicas. “Mesmo assim, não baixamos de 60% de objetos entregues dentro do prazo em fevereiro. Nossa meta é voltar a 90% dos objetos econômicos dentro do prazo até 28 de fevereiro”.

Em relação ao Sedex, o órgão frisa que está normal, com mais de 94% dos objetos dentro do prazo. “Foram feitos, inclusive, plantões e horas-extras no tratamento da carga e na distribuição nos finais de semana de fevereiro”.

Os clientes que tiverem problemas específicos podem registrar sua demanda no telefone 0800-725-0100 ou no site www.correios.com.br

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: