Conecte-se a nós

Notícias

Corpo de homem é encontrado no Rio Caveiras depois de cinco dias desaparecido

Published

em

Em função do volume da água, caminhão ficou submerso no dia do acidente - Foto: Bombeiros/ Divulgação

Atualizado às 10h09 [29/1]

Depois de cinco dias de buscas, o Corpo de Bombeiros de Lages encontrou o motorista Hugo Luiz Garcia, 59 anos, no Rio Caveiras, que fica na Localidade de Travessão, entre as cidades de Campo Belo do Sul e São José do Cerrito.

Ontem, no fim da tarde, a equipe que fazia buscas no rio, foi informada por pessoas que faziam uma trilha próxima à margem, que o corpo estava boiando há cerca de sete quilômetros da ponte, onde caiu o caminhão que Garcia dirigia. Diante disso, os bombeiros que estavam em outro ponto do rio se deslocaram até o local e confirmaram a informação.

O corpo, segundo o soldado Luciano Wart Rangel, não estava preso em nada e emergiu. O Instituto Geral de Perícias (IGP) foi chamado até o local. Depois da perícia, o corpo será encaminhado à família de Garcia.

Trabalho árduo

Os bombeiros estavam fazendo buscas pelo homem todos os dias, desde o seu desaparecimento. A procura envolveu 15 profissionais, que começavam às 7h15min e seguiam até às 18 horas. “Depois disso, não era possível porque escurecia e ficava perigoso para as equipes”, explica Rangel.

Ontem, um bombeiro de Anita Garibaldi, que iria atuar na Operação Veraneio realizada nesta epóca no Salto Caveiras, se juntou à equipe. “Nossa prioridade era encontrar ele e como o dia estava nublado e frio, o Salto não tinha movimento de banhistas”.

Rangel afirma, que caso o corpo não fosse encontrado ontem, o cão Ice, que é lotado no 7º Batalhão com sede em Itajaí, também faria as buscas.

O animal, que é o primeiro cão salva-vidas do Brasil, atua em ambientes aquáticos e é especialista em localizar cadáveres. “A partir do quarto e quinto dia na água, o cadáver começa a liberar os odores da putrefação”, neste caso, passa a ser indicado o uso de cães farejadores.

E, se mesmo com a ajuda do Ice, o corpo não fosse encontrado, seria acionado o helicóptero dos Bombeiros, que atua no Estado, mas é lotado em Blumenau.

O acidente

Morador em Lages e funcionário de uma distribuidora de alimentos, Hugo desapareceu na manhã de quarta-feira (24), depois de cair no rio enquanto tentava atravessar uma ponte com um caminhão.

Conforme populares, o veículo foi levado pela correnteza. Na tentativa de se salvar, o motorista saiu da cabine do caminhão, mas caiu no rio e desapareceu. A ponte de concreto é estreita e não possui proteção lateral, o que contribuiu para o acidente.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: