Conecte-se a nós

Notícias

Condenação de 28 anos para chefe de quadrilha que realizou assaltos

Published

em

Santa Cecília, 24/06/2010, Correio Lageano

 


O juiz Rafael Maas dos Anjos, da Comarca de Santa Cecília, condenou, na última semana, seis integrantes da quadrilha que praticou três assaltos, em agosto de 2009. A pena de um dos envolvidos nos crimes, Celso Cardoso, chefe da quadrilha, foi de 28,7 anos de reclusão, em regime fechado.

 


Celso Cardoso também foi condenado a pagamento de multa por três roubos, dois deles duplamente e um triplamente qualificados. Pelo que apuraram as investigações, ele se utilizava de forte armamento nos assaltos.

 


Carlos Messias Waltrick Rosa, comparsa de Celso Cardoso, foi condenado no mesmo processo, com pena de 27 anos, sete meses e seis dias de reclusão e pagamento de multa. Fábio Cherutti Cavinatto, também companheiro dos demais acusados, pegou pena de 17 anos, dois meses e 18 dias de reclusão, em regime fechado, além de multa.

 


Sebastião Ferreira Gonçalves, João Ademar Dias de Melo Tibes e Eder Soares de Oliveira foram condenados a dois anos de reclusão pelos mesmos crimes. Informações dão conta de que há processos em trâmite nas comarcas de Lages, Campos Novos e Tangará, com o envolvimento desses condenados.

 


Esses três últimos condenados poderão cumprir pena em regime aberto, mas foram enquadrados em duas penas restritivas de direito. O pagamento de prestação pecuniária no importe de três salários mínimos em favor de entidade beneficente e ao cumprimento de prestação de serviços à comunidade pelo período da condenação.

 


O juiz que sentenciou os acusados, declarou que, “o julgamento do caso demonstra a pronta resposta que o Poder Judiciário deve dar a crimes de tal natureza, trazendo tranquilidade e segurança para uma comunidade tão carente de tais valores”.

Compartilhe

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais