Conecte-se a nós

Turismo

Concessão deve sair em março

Published

em

Plataforma panorâmica na Serra do Rio do Rastro será uma das maiores do mundo

Em 2010, começaram as negociações para a instalação da plataforma panorâmica na Serra do Rio do Rastro, agora, sete anos depois, a construção de desse novo ponto turístico na Serra Catarinense está mais perto de acotecer. O secretário estadual de Turismo, Leonel Pavan, explica que na época em que era Governador do Estado, em 2010, havia iniciado a discussão para a instalação, mas com sua saída do governo, houve uma pausa nas negociações.

Pavan ressalta que a construção será com base em uma parceria público/privada, algo que, segundo ele, defendeu durante o seu mandato. O secretário enfatiza que, dessa forma, é mais fácil que empreendimentos como este sejam instalados e incentivem o aumento das visitações turísticas no Estado.

A plataforma panorâmica dará uma visão completa da Serra do Rio do Rastro, um dos pontos mais visitados na Serra Catarinense e, conforme um vídeo divulgado pela empresa que executou o projeto, o material utilizado será transparente, o que dará uma experiência ainda mais completa. De acordo com Pavan, a plataforma será uma das maiores do mundo do gênero. Quem executará a obra deverá ser a empresa responsável pelo Parque Interpraias, de Balneário Camboriú, que participou das discussões em 2010 e um grupo de empresários interessado no projeto.

Como o investimento será privado, será necessária uma concessão para o espaço, que ficará a alguns metros do atual mirante. Em março, Pavan se ausentará do cargo por causa das eleições e a intenção é que até esta data, a concessão seja dada. Ele ressalta que é de interesse do Governo do Estado que esta parceria aconteça e que os municípios também estão trabalhando para que o projeto se torne realidade. Após, a expectativa é que a construção demore cerca de um ano, já que o processo é fácil.

Pavan ressalta que o desenvolvimento do turismo não se dá apenas com a iniciativa pública. “O governo está asfaltando a Serra do Corvo Branco e fazendo o Caminhos da Neve. Esta iniciativa será um complemento”, acrescenta ele. Com os novos investimentos, Pavan acredita haverá incremento no desenvolvimento da Serra Catarinense. A participação privada, segundo ele, auxilia nesse crescimento, e diz que, durante o seu trabalho na secretaria, tem focado em procurar investidores para o Estado, que tenham interesse em ajudar no desenvolvimento, principalmente, de regiões como a Serra e o Sul.

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio
%d blogueiros gostam disto: