Conecte-se a nós

Negócios

Comércio espera vender mais nos últimos dias

Published

on

Juliana costuma pesquisar os valores sempre antes de comprar - Foto: Patrícia Vieira

O varejo lageano espera elevar o faturamento nos últimos dias que antecedem o Natal. A meta é de um aumento nas vendas entre 4% e 5%, informa CDL Lages. A expectativa é devido à constatação de que muitos consumidores têm por hábito deixar as compras para a última hora.
Argumentos é que não faltam. Seja por falta de tempo, dinheiro ou até mesmo aqueles que preferem esse período esperando alguma promoção e, dessa forma, conseguir economizar. Em Lages, o comércio fica aberto nesta sexta-feira (22) das 9h às 22h, no sábado (23) das 9h às 22h, e domingo (24) das 9h às 17h.

A gerente da Pittol em Lages, Beatriz da Rocha, conta que o fluxo de clientes continua crescendo nesses últimos dias que antecedem o Natal. Porém, a loja já registrou aumento significativo nas vendas, desde a primeira quinzena de dezembro. Beatriz não quantificou o crescimento. Para ela, se o horário fosse estendido desde a primeira semana até as 20 horas, por exemplo, e até as 21 horas na segunda semana, atrairia mais cedo o cliente e, por consequência, aumentaria as vendas. “No início do mês, chegou o horário de fecharmos, e a loja ainda estava cheia de clientes” conta a gerente.

Levantamento da Fecomércio SC aponta que os lageanos pretendem gastar mais com presentes. Na prática, a população ainda está receosa na hora de comprar. A maioria diz que sempre pesquisa antes. “Antes de comprar um produto pesquiso os valores, e a utilidade a quem vou presentar” diz a professora Juliana Oliveira.

11,5 milhões devem fazer compras de última hora

Como acontece todos anos, muitos consumidores brasileiros deixam as compras de Natal para a última hora. Por meio de uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todo o país, estima-se que 11,5 milhões de pessoas irão comprar os presentes poucos dias antes do Natal, o que corresponde a 9% de consumidores que têm a intenção de presentear alguém pelas festas de fim de ano.

Já entre os que vão comprar uma semana antes do Natal, a principal justificativa para 52% é que preferem esse período na expectativa de conseguirem alguma promoção. Já 15% afirmam que só recebem o pagamento perto do Natal, e 10%, devido à falta de tempo. Outros 9% estavam esperando a segunda parcela do 13º salário, que foi paga na quarta-feira. “Se o consumidor deixa para comprar muito em cima da hora, acaba não tendo tempo para pesquisar preços ou encontrar opções de produtos mais baratas e, consequentemente, fica mais exposto a gastos maiores, que podem comprometer o orçamento”, afirma a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti.

A economista aconselha: “O ideal é fazer uma lista de todos os presenteados, definir o quanto se pode gastar e levar o dinheiro contado. Dessa forma, não há perigo de exceder o valor previsto com a compra de outros presentes por impulso.”

Comentários
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Instagram

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©