Conecte-se a nós

Notícias

Combustível reajusta mais de 30 vezes

Published

on

1,8% aumento de combustível divulgado ontem nas refinarias - Foto: Vinicius Prado

A notícia de que o preço do combustível subiu não é novidade para os brasileiros. Somente de abril até novembro, foram mais de 30 reajustes. A última alta foi anunciada ontem, pela Petrobras e, desta vez, o acréscimo é de 1,8% nas refinarias. Na sexta-feira, o valor da gasolina já tinha um acumulado da semana de aumento, que chegou nas bombas a 1,43%, ou seja, o preço médio que era de R$ 3,96 passou para R$ 4,02. O preço médio do etanol subiu 1,95% para o consumidor na última semana, passando de R$ 2,758 por litro para R$ 2,812. Esses reajustes fazem parte da nova sistemática de formação de preços da empresa, em vigor desde julho e que prevê aumentos frequentes com a finalidade de acompanhar o mercado internacional. O repasse ou não para o consumidor final depende de cada revendedor. Esse percentual de aumento de combustível (que chegou no final de outubro a início de novembro a mais de 9%) ultrapassa a previsão de inflação do ano, que é de 3,06%, segundo expectativa do Banco Central, anunciada ontem. Este índice da inflação é o menor desde 1988, para se ter uma ideia de quanto a inflação está baixa. No ano passado, o percentual fechou em 6,29%.

 

Entrevista com Sadi Montemezzo

O coordenador dos postos de combustíveis da região de Lages, Sadi Montemezzo, concedeu uma entrevista exclusiva ao Correio Lageano sobre a alta frequente dos combustíveis.

Correio Lageano: Os donos de postos de combustíveis estão lucrando com o aumento dos preços?
Sadi Montemezzo: Há 700 frentistas em Lages. No meu posto tenho 26 funcionários, faturo limpo R$ 90 mil, mas minha despesa é R$ 110 mil. Se não é a loja de conveniência, eu e muitos não sobreviveriam.

O valor do combustível em Lages segue a média nacional?
São poucos os dias que não recebemos aumento das refinarias, na semana passada, foram 9% e não conseguimos repassar 3% para as bombas. Você percebe que em outras cidades, o preço está R$ 4,18 nas bombas e esse é o valor correto para os donos de postos terem lucro. Estamos perdendo lucro, venda e o consumidor abastece cada vez menos. Em Lages ainda se vende com um preço mais baixo.

Existe expectativa de o preço parar de subir?
Precisamos que o revendedor faça um preço adequado para todos, independentemente de bandeira. Há uns que vendem mais barato, mas e a qualidade?

 

Comentários
Compartilhe

Notícias

Bombeiros socorrem vítima de acidente na BR-116

Published

on

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O acidente ocorreu na manhã desta segunda-feira (21), na BR-116, em Correia Pinto. De acordo com o Corpo de Bombeiros, se envolveram no acidente uma moto e uma Van.

O condutor da moto que não teve a identidade divulgada, sofreu politraumatismo, seu estado é considerado grave. Ele foi socorrido e encaminhado à emergência do Hospital Nossa Senhora das Prazeres, em Lages.

O motorista da Van não se feriu. O acidente ocorreu por volta das 6h30 da manhã.

 

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

Homem morre em acidente na SC-110, em Urubici

Published

on

Foto: Divulgação

O motociclista Robson José de Souza, de 33 anos, morreu ao colidir uma moto Yamaha contra uma camioneta, no quilômetro 371 da rodovia SC-110, em Urubici. O acidente aconteceu por volta das 14 horas deste domingo (20). Os bombeiros do município foram acionados, porém verificaram que a vítima já estava em óbito. O corpo foi recolhido pelo Instituto Geral de Perícias (IGP) de Lages e liberado aos familiares para sepultamento.

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária do Posto em Bom Jardim da Serra, foi uma colisão frontal  envolvendo um moto com placas de Rio Grande do Sul e uma camioneta S-10 placas de Lages. O condutor da S10,  Renato Antunes, de 37 anos, não sofreu ferimentos.

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

A um mês do inverno, Serra registra manhã fria

Published

on

O termômetro na cidade de Urubici registrou 2 °C negativos- Foto: Márcia Correa Ghizoni/Divulgação

A segunda-feira começou bem mais gelada na Serra Catarinense. A um mês da passagem do outono para o inverno, a cidade de Urubici, registrou 0,06°C, e Urupema 0,08°C segundo dados do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Epagri/Ciram). É a temperatura mais baixa do ano. O termômetro na cidade de Urubici registrou 2 °C negativos por volta das 6h30 mim da manhã de desta segunda (foto).  

O dia será de sol com  temperaturas ficam amenas  em todas as regiões do Estado.Para terça e quarta, as temperaturas mínimas entre a madrugada e o amanhecer devem ser negativa nas áreas altas do Estado, com geada ampla do Oeste a Serra Catarinense, e de forma mais fraca e isolada no Litoral e Vale do Itajaí.

Na terça-feira (15), o Climaterra já havia adiantado ao CL a previsão de que as temperaturas caíssem na região. Isso porque uma massa de ar frio chegou ao Sul do País no fim de semana. Ainda de acordo com a Epagri/Ciram, essa condição pode permanecer até esta terça-feira (21), quando as temperaturas devem voltar a subir conforme a massa de ar frio for se afastando da região.

A quinta-feira será de com algumas nuvens em Santa Catarina.  Permanece a condição para formação de geada nas áreas altas do Estado. Os próximos dias serão de Sol com variação de nuvens e baixa umidade relativa do ar (tempo seco) em Santa Catarina, na maior parte dos dias. Temperatura em elevação, sem frio significativo no período até o momento, informa Epagri/Ciram.

Urupema

Em Urupema, a menor temperatura deste domingo foi registrada pela Epagri/Ciram foi de 0ºC no Morro das Torres, na cidade de Urupema. A sensação térmica foi entre 15ºC a 18 ºC negativos. Em Urubici os termômetros chegaram aos 1,5ºC, e em São Joaquim, 1,6ºC.

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Instagram

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©