Conecte-se a nós

Notícias

Casa com dois quartos era o lar de seis pessoas

Published

em

Foto: Andressa Ramos

Como o quinto dia útil do mês estava próximo, mas faltavam alguns mantimentos para a casa, Susane Cristina da Fonseca, de 31 anos, foi ao mercado para comprar o que era necessário até o dia que receberia o salário. Na sexta-feira (3), chegou em casa, no Bairro Santo Antônio, em Lages, com as compras, como café, sal, trigo que ficaram em cima de uma mesa. Por ser tarde, ia organizar as compras no outro dia.

Às cinco horas da manhã de sábado (4),  Alisson Kauan Moreira saiu para trabalhar e, às 7h30min, sua irmã Susane também foi pegar o ônibus para ir ao Centro, na loja onde trabalha. Enquanto isso, seu filho Lucas, de cinco anos, ficou no sofá assistindo televisão, o avô Evaldo Ataíde Moreira, de 54 anos e os netos Braian, de 8 anos e Bernardo, de 3 anos, filhos de Alisson ficaram deitados no quarto, pois estava frio.

O pequenino Lucas conta que viu o fogo descer pela cortina, e com medo, se escondeu embaixo das cobertas. Quando o avô abriu os olhos e viu o teto pegando fogo, tirou os dois netos de dentro da casa e voltou para pegar Lucas, que havia saído da cama e se escondido atrás do guarda-roupas.

Por volta das 8h15min, a casa, em que Evaldo e sua esposa Sirlei foram morar logo que casaram, ficou totalmente incendiada. Perderam todos as roupas, móveis, eletrodomésticos, e, inclusive, a pequena compra de alimentos que Susane havia feito para o fim de semana. Susane havia aproveitado as liquidações de inverno, para comprar peças de roupas para todos da casa, itens, que também foram incendiados.

A casa de cinco cômodos, abrigava seis pessoas. É o lar em que Evaldo criou os filhos e viveu com a esposa até o ano passado, quando ela faleceu de infarto. São mais de 35 anos no mesmo endereço.

A família precisa de ajuda, por enquanto, recebeu algumas doações, mas precisa de roupas para os adultos, móveis e eletrodomésticos, além do principal, a reconstrução da casa. Susane está com o pai, o filho, sobrinhos e irmão, na casa de um tio no Bairro São Luís.

A Secretaria de Assistência Social e Habitação, fará contato com a família. Nestes casos, é frequente que o órgão faça o auxílio da família para construir a casa. Quem quiser ajudar Susane e a família, pode entrar em contato pelos telefones 9 8845-4111 ou 98802-6516. A jovem enfatiza que quem quiser ajudar, mas não tiver como levar, sua tia, Solange, buscará as doações.

Compartilhe

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais