Conecte-se a nós

Notícias

Calçada na Rua Heitor Villa-Lobos está em fase de projeto

Published

em

Na Heitor Villa-Lobos, os pedestres andam na pista de rolamento - Foto: Patrícia Vieira

Sem calçadas e nem acostamento, pedestres que percorrem a Rua Heitor Villa-Lobos, no Bairro São Francisco, em Lages, se sentem obrigados a andar quase pelo meio da rua. Em alguns trechos a vegetação está alta, em outros, poças de água se formam quando chove, o que impede que pedestres caminhem pelos cantos da via e faz com que precisem passar próximo aos automóveis.

A rua é a única via de acesso ao Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e também ao Orion Parque Tecnológico, e vários estudantes e moradores dos Bairros São Francisco e São Paulo passam por ali. Como é o caso dos jovens do São Francisco, Jackson Rodrigues de Moura e Guilherme Henrique Couto Rodrigues.

Eles relatam que não fazem o trajeto com tanta frequência, mas concordam que seria interessante se houvessem calçadas. “Quando vou ao Centro da Cidade a pé, sinto a falta de um passeio público. Um local adequado para caminhar com mais segurança”, diz Jackson.

Embora Guilherme Henrique não tenha o costume de passar pelo local diariamente, sabe do perigo de caminhar em uma via sem calçadas. Até porque, só foram construídas até na altura do Colégio Militar, no Morro do Posto. “Além de não ter calçadas, não tem acostamento, e com isso andamos quase no meio da rua”.

Mobilidade urbana

O secretário de Planejamento e Obras, Claiton Bortoluzzi, explica que estão trabalhando nos projetos que visam melhorias na mobilidade urbana. Porém são inúmeras as ruas que necessitam de calçadas, e que serão tratadas neste projeto de rota segura, inclusive a Rua Heitor Villa-Lobos, no São Francisco. Bortoluzzi enfatiza que a pasta está licitando a empresa para construção do passeio público da Avenida das Torres, no Bairro Guarujá.

Estudantes

O chefe-geral do departamento de administração do Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc), Gean Carlo Werner, explica que desde a construção da instituição ficou acertado que a Prefeitura de Lages construiria os passeios públicos. Werner lembra que na administração passada, quando foi feito apenas um trecho, em frente ao atual Colégio Militar já deveria ter sido construído em toda a rua. Ele enfatiza, que a construção do passeio público vai beneficiar e dar segurança não só os estudantes da instituição, mas também todos as pessoas que circulam pelo local.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: