Conecte-se a nós

Esportes

Bélgica mereceu a vitória

Published

em

Foto: Getty Images

Acabou, pelo menos por ora, o sonho do hexa para a Seleção Brasileira. Os comandados do técnico Tite viram ruir a possibilidade do sexto título em mundiais, após perderem por 2 a 1 para a Bélgica, pelas quartas de finais da Copa da Rússia. Os belgas foram superiores e mereceram a vitória e, agora, seguem fortemente em busca do título inédito na Rússia.

Talvez atuações individuais ruins, como a de Fernandinho, Paulinho e Gabriel de Jesus – este último jogou mal toda a Copa, podem ter sido a causa da derrota do Brasil. Não que os outros atletas não tenham sua parcela de culpa, mas estes três jogaram muito mal e ajudaram a afundar a Seleção Canarinho.

O Brasil chegou às quartas dando certa esperança ao torcedor, afinal, tinha apresentado um futebol razoável nas oitavas contra o México. Mas foi só rolar a bola que começou a apresentar suas deficiências. Quando avançava ao ataque, deixava uma verdadeira “avenida” nas costas do lateral Marcelo, que voltou ao time depois de se recuperar de lesão. Além disso, faltaram jogadas pelas beiradas do campo e triangulações para furar a defesa adversária.

Pelo lado belga, Kevin De Bruyne, Hazard e Lukaku ditaram as principais ações de ataque da equipe. Foi numa bola parada que os algozes brasileiros abriram o placar. Após cobrança de escanteio, o volante Fernandinho tentou cortar de cabeça, mas acabou marcando contra num lance bizarro. Logo em seguida, De Bruyne recebeu na entrada da área e mandou um foguete, sem dar chance ao goleiro Alisson.

No segundo tempo, o técnico Tite mexeu no time. Entraram Firmino, Douglas Costa e Renato Augusto e o Brasil começou a ter um volume maior de jogo. O gol de Renato Augusto deu esperança ao torcedor brasileiro, mas ficou nisso. 2 a 1 e festa dos Diabos Vermelhos.

Além da atuação desastrosa de Fernandinho, Neymar, a principal estrela do Brasil, teve participação apagada e deixa o mundial com a imagem ofuscada. O camisa 10, é bom lembrar, ficou rotulado como “cai, cai”, pelo menos nesta Copa.

Em resumo, a Seleção Brasileira não fez uma boa Copa. Deixou a desejar contra a Suíça e, sobretudo, contra a Bélgica. E noutros jogos, não foi brilhante. Em suma, faltou futebol, estratégia, organização tática e, principalmente, cabeça no lugar. No jogo contra a Bélgica, percebia-se um time nervoso e errando lances infantis.

Já os belgas seguem firmes na busca do título do mundial da Rússia. Enquanto os brasileiros voltam para a casa, Diabos Vermelhos iniciam a preparação para encarar a França na semifinal do Mundial. O jogo tem tudo para ser um dos melhores da Copa.

 

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: