Conecte-se a nós

Notícias

Balsa São Roque voltará a funcionar entre São José do Cerrito e Cerro Negro

Published

em

Foto: Neuri Rodrigues/ Divulgação

Em março, o Correio Lageano divulgou um levantamento junto à Capitania dos Portos de Santa Catarina sobre a situação das balsas que tendem municípios da Serra. Na ocasião, havia três embarcações interditadas por falta de itens de segurança. Desde então, as balsas passam por adequações.

Das três balsas interditadas à época, a primeira a ser liberada é a São Roque, entre São José do Cerrito e Cerro Negro. A embarcação estava interditada desde fevereiro deste ano.

O município de São José do Cerrito, responsável pela manutenção da embarcação, providenciou as melhorias elencadas pela Capitania dos Portos. O ato de entrega e liberação da embarcação acontece na sexta-feira (11), às 15 horas, na Balsa São Roque.

A embarcação fica sobre o Rio Caveiras, e une a Comunidade de Raitz, em Cerro Negro com a Bela Vista, em São José do Cerrito. Na época, a Marinha detectou falta de segurança, como colete salva-vidas, além de abrigo para passageiros e proteção para veículos.

De acordo com a assessoria de comunicação da Prefeitura de São José do Cerrito, foram feitas as obras de adequação e a aquisição de equipamentos de segurança para a realização dos serviços. Inclusive, dois balseiros passaram por treinamento e estão aptos para o trabalho, conforme exigência do órgão.

Balsa Ceregatti

Com relação à Balsa Ceregatti, que faz a travessia sobre o Rio Canoas, na divisa entre a Comunidade de Bom Jesus, em Abdon Batista e do Divino, em Anita Garibaldi, está interditada há quase um ano, deve voltar em breve. O administrador rural Nilton José Mocelin informa que a Prefeitura de Abdon Batista, responsável pela manutenção, providenciou todas as melhorias exigidas pelo órgão.

Bem como a construção de um abrigo de passageiros e a instalação de proteção para veículos. O balseiro passou por treinamentos. “A liberação da balsa deve ocorrer nos próximos 20 dias, pois depende só de alguns ajustes no motor do rebocador”, afirma.

Balsa dos Machados

A Balsa dos Machados, em Campo Belo do Sul, faz a travessia entre os municípios de Campo Belo e São José do Cerrito, sobre o Rio Caveiras, está interditada desde 23 de janeiro. A embarcação, usada para o transporte de pedestres e veículos entre as localidades de Machados e São Miguel, deve ser reativada em breve, informa o prefeito de Campo Belo do Sul, José Tadeu Martins de Oliveira.

Segundo ele, a embarcação que é de responsabilidade do município, passou por adequações de acordo com as exigências da Capitania dos Portos. O prefeito enfatiza que a reativação da Balsa dos Machados está dentro do prazo, que é de 90 dias. “Agora, estamos finalizando a parte mais burocrática, como por exemplo, a contratação e treinamento de balseiro,” afirma.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: