Conecte-se a nós

Notícias

Bandidos levam caminhonete e R$ 30 mil reais em assalto no Guarujá

Published

em

Alex Maurício Magarinos, de 44 anos, conhecido promotor de eventos de Lages, foi assaltado na manhã deste sábado, por volta das seis horas, quando chegava na sua casa na rua Porto Seguro, Bairro Guarujá. Ele estava com Alan Patrick da Silva Rodrigues, que há dois anos trabalha com ele.

Quando os dois chegaram numa caminhonete L200 na casa de Alex, depois do show do grupo Raça Negra, do qual Alex era um dos promotores, foram abordados por dois homens que anunciaram o assalto. Os dois homens estavam sem máscaras, mas com touca de moletom, e armados, um com uma garrucha e outro com pistola. Eles chegaram pedindo o malote com o dinheiro arrecadado com a festa.

Alan relata que foram momentos de tensão e que não reagiram, e que desde o princípio, Alex disse para os assaltantes levarem tudo, mas eles insistiam em pedir o dinheiro do malote, que estava embaixo do banco da caminhonete. Os bandidos fizeram disparos contra Alex por duas vezes, mas a arma falhou. Os familiares relatam que ele estava muito abalado, mas com a sensação de ter nascido de novo.

Os bandidos arrancaram uma corrente de Alex, pegaram a chave do carro e saíram em fuga, mas nos poucos minutos que estavam em contato com as vítimas, faziam ameaças e desacatavam. Da sacada da casa, a esposa de Alex, Cíntia, avistou a ação dos bandidos, e gritava por socorro. Ela ligou para a Polícia Militar, que chegou pouco tempo depois.

A PM fez rondas, mas não encontrou os agentes. As vítimas passaram o dia procurando pela caminhonete e a encontraram abandonada na estrada geral do Bairro Tributo. A caminhonete estava sem o malote de dinheiro, sem os pertences e documentação de Alex. No malote, havia cerca de R$ 30 mil em dinheiro. A vítima resgatou seu carro na tarde de sábado, porém não foi localizada a chave.

Os familiares acreditam que quem realizou o assalto já sabia da rotina e estava observando as vítimas desde o show, pois eles sabiam que Alex estava com o malote de dinheiro e esperaram, a pé, o momento que ele chegou em casa. Após a fuga com a caminhonete, vizinhos observaram um Palio Azul seguir a L200.

Alex trabalha há 20 anos com eventos em Lages e nunca havia passado por uma situação de  violência. Como relata Alan, apesar do prejuízo, ele sentia um alívio por estar vivo.

 

Insegurança no Bairro

Comerciantes do Bairro Guarujá reclamam que se sentem inseguros e pedem por mais rondas policiais e segurança nos bairros daquela área. Eles relatam que diversos estabelecimentos comerciais, como supermercados, padarias e lanchonetes já foram arrombados e furtados.

Uma passeata pela paz foi organizada pelos moradores em janeiro, cansados de situações de violência como furtos, assaltos, arrombamentos de residências. Os comerciantes reforçam o pedido por um posto policial no bairro.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: