Conecte-se a nós

Notícias

Arcanjos comemoram oito anos de atuação em SC

Published

on

Arcanjo 03 durante transporte de criança em 2017 - Foto: CBMSC/Divulgação

O Batalhão de Operações Aéreas comemora oito anos de atuação em Santa Catarina. De acordo com levantamento feito pelo batalhão, durante este período, os quatro Arcanjos do Corpo de Bombeiros já atenderam a mais de 5.900 pessoas, em mais de 6.400 missões aéreas.
Foram 106 apoios a partos emergenciais ou transportes de parturientes e recém-nascidos ao hospital; 1.607 transportes emergenciais entre hospitais de órgãos a serem transplantados ou em apoio para monitoramento em situações de desastres naturais.

No mesmo período, os Arcanjos atuaram na busca ou resgate de 348 casos de pessoas perdidas, desaparecidas ou que precisavam de ajuda. Outras 370 situações envolviam casos de afogamentos e de resgate aquático.

A campeã dos atendimentos são as emergências cardíacas. Foram 1.071 casos atendidos. Infelizmente, em nem todos foi possível reverter o quadro, mas em muitas situações o suporte aéreo e especializado fez toda a diferença para garantir a vida das pessoas. E, se ao menos uma foi salva, o trabalho já valeu a pena.

Atualmente, o Batalhão de Operações Aéreas atua com 4 aeronaves. São os helicópteros Arcanjos 01 e 03, sediados em Florianópolis e Blumenau, respectivamente, e os aviões Arcanjos 02 e 04, todos com base na Capital.

Solenidade

Nesta sexta-feira (02), às 9 horas, no hangar do Batalhão de Operações Aéreas, junto ao Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, acontecerá solenidade em comemoração aos oito anos. Na ocasião, também acontecerá a troca de comando do batalhão, do tenente-coronel BM Giovani Fernando Kemper ao tenente-coronel Diogo Bahia Losso.

Comentários
Compartilhe

Notícias

Semana seca, fria e com temperaturas negativas para a Serra Catarinense

Published

on

Foto: Márcia Corrêa Ghizoni/Divulgação

As madrugadas devem ser de frio nos municípios da Serra Catarinense. A um mês da passagem do outono para o inverno, a previsão indica temperatura negativa ao amanhecer desta terça-feira, segundo dados da Epagri/Ciram. Segunda-feira (21), a cidade de Bom Jardim da Serra registrou -0,6°C e Urubici 0°C; e no Morro das Torres em Urupema 0,06°C. Porém, um termômetro instalado no Centro de Urubici marcou -2°C, por volta das 6h30.  Lages marcou 3,2°C.

Para os próximos dias, a previsão é de temperatura baixa ao amanhecer e à noite; e frio ameno à tarde. Nesta terça-feira (22), as mínimas entre a madrugada e o amanhecer ficam entre -5°C e -2°C nas áreas altas do Estado. Geada ampla do Oeste à Serra Catarinense, e de forma mais fraca e isolada no Litoral e Vale do Itajaí. As máximas entre 16°C/20°C na maior parte de Santa Catarina, e 12°C e 15°C° nos municípios da Serra. O dia será ensolarado, com baixa umidade do ar, e nevoeiros isolados ao amanhecer.

“Poderá ocorrer formação de gelo em alguns trechos de rodovias do topo da Serra (geada no asfalto), na madrugada/começo da manhã, respeite a sinalização destes locais,” alerta o agrônomo do Climaterra, Ronaldo Coutinho. Sexta-feira (25) será de sol e algumas nuvens em Santa Catarina, com nevoeiros isolados ao amanhecer. Temperatura em elevação, devido ao deslocamento da massa de ar frio para o oceano. Na Serra Catarinense ainda há condição para formação de geada nas áreas altas.

 

Tendência

Sol com variação de nuvens, baixa umidade relativa do ar (tempo seco) e temperatura em elevação em Santa Catarina, na maior parte dos dias. Nos dias 2 e 3 de junho, uma nova frente fria deve trazer chuva para o Estado, e logo após, declínio acentuado de temperatura com o avanço de uma nova massa de ar frio de origem polar.

 

As mínimas na madrugada de ontem na Serra

-1,3°C Fraiburgo*

-0,6°C Bom Jardim da Serra

0°C Urubici

0,6°C Morro das Torres

0,7°C Rio Rufino*

1,1°C São Joaquim

1,1°C Bom Retiro*

1,3°C Campo Belo do Sul

3,2°C Lages

3,2°C Otacílio Costa

 

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

Pesquisadores internacionais fazem intercâmbio em Lages

Published

on

Foto: Suzane Faita

O Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac) tem como meta melhorar, até 2020, a nota do mestrado em Educação. Atualmente, a nota é 3, e o objetivo é chegar a 5. Apenas duas universidades no Brasil possuem nota máxima nesse modelo de programa, que é 7. Uma delas é a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos), de onde vieram os três palestrantes do 3º Seminário de Cooperação Internacional: Experiências Educacionais, realizado ontem, em Lages.  

Os pesquisadores, Julio Velho, de Moçambique; Jennifer Cruz Marulanda, com nacionalidades colombiana e estadunidense; e Tyler James Olsen, dos Estados Unidos, falaram sobre as diferenças e semelhanças no ensino do Brasil e de seus países. Entre suas críticas está a forma como a educação acontece, com avaliações que visam apenas à nota e não à formação integral do estudante.

“A educação não é para avaliar as habilidades, mas para desenvolver as habilidades que as crianças têm”, afirma Jennifer. Tyler comenta que com o foco nos testes, falta tempo ao professor para ensinar. Sobre a visita a Lages, acredita que  o mais importante é “compartilhar experiências com pessoas de outras culturas e jeitos de viver e internacionalizar conceitos”. O doutorando da Unisinos, Julio Velho, dá aulas em um curso superior na área de Língua Portuguesa, com foco em Técnicas de Expressão. O maior problema enfrentado pelos educadores do seu país é que os estudantes chegam ao ensino superior com dificuldade na escrita e na leitura.

A coordenadora do Programa de Pós-Graduação da Uniplac, Mareli Graupe, explica que a realização desses encontros faz parte das ações do planejamento estratégico que visa melhorar a nota do mestrado em educação. Ano passado, foram realizados dois eventos e, neste ano, está marcado para o segundo semestre, o 4º Seminário Cooperação Internacional, no durante o 2º Congresso Internacional Conhecimentos Pertinentes para Educação na América Latina: Formação de Formadores (Edupala).

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

Grave acidente na BR 116, em Lages

Published

on

Por

Foto: Divulgação

Um acidente no acesso a empresa Vossko do Brasil, na BR-116, em Lages, na noite desta segunda-feira (21), deixou uma das vítimas, ocupante de um Fiat Uno, presa as ferragens. O Corpo de Bombeiros atendeu a ocorrência. O nome das vítimas não foram divulgados.

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Instagram

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©