Conecte-se a nós

Notícias

Após cirurgia, Manoela começa a dar os primeiros passos

Published

em

Manoela se recupera de cirurgia após seis anos de espera - Foto: Divulgação

A adolescente Manoela de Sousa Tomaz, 16, que há mais de 6 anos aguardava pela cirurgia de correção da escoliose, está bem após passar pelo tão aguardado procedimento.

A cirurgia, que durou nove horas, aconteceu no último dia 28, no Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages. Devido ao estado avançado da escoliose, os médicos não puderam reverter toda a situação e parte da coluna ainda permanece curvada.

Após a cirurgia, Manoela foi encaminhada para Unidade de Terapia Intensiva (UTI), um procedimento padrão. Ela está monitorada, porque durante a cirurgia houve contato com o lado esquerdo da medula, o que ocasionou sequelas na perna esquerda, como falta de sensibilidade.

Por isso, não será possível fazer outra cirurgia para correção total da escoliose. Entretanto, as sessões de fisioterapia começaram e Manoela mostra avanços.

A adolescente saiu da UTI, mas deverá permanecer internada até conseguir se manter de pé e dar os primeiros passos. A mãe Luciana acompanha a filha durante a internação e as sessões diárias de fisioterapia, que são primordiais para o avanço do tratamento.

O caso

Manoela estava na fila para a cirurgia de correção da escoliose há cerca de seis anos. Anteriormente, ela estava na fila do Hospital Infantil Seara do Bem. Como completou 16 anos, foi retirada da fila infantil e a família não foi informada. A mãe precisou entrar, novamente, com a documentação solicitando a colocação da filha na fila de cirurgias ortopédicas para adultos. Desde meados de 2017, a família esperava pelo agendamento e Manoela enfrentava crises respiratórias e dores frequentes.

Comentários
Compartilhe
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais