Conecte-se a nós

Esportes

Anelka é expulso da seleção francesa

Published

em

Johanesburgo, 19/06/2010, (EFE)

O atacante Nicolas Anelka foi expulso da seleção francesa que disputa a Copa do Mundo por seus insultos ao técnico Raymond Domenech, no intervalo da partido contra o México.

 

A expulsão foi anunciada pelo vice-presidente da Federação Francesa de Futebol (FFF), Noel Le Graet, em declarações à rádio francesa "RTL".

 

"Diante da recusa do jogador a pedir públicas desculpas, (o presidente Jean-Pierre Escalettes) tomou a decisão, no total acordo com o treinador e os oficiais da delegação presentes em Knysna, de expulsar Anelka da equipe. Ele deverá abandonar a concentração ainda hoje", indica a nota.

 

Anelka já tinha faltado hoje ao treino da seleção francesa, horas depois que outro dirigente da Federação, Christian Teinturier, comentasse: "se realmente usou essas palavras, (Anelka) não tem nada que fazer lá (na Copa). Se disse isso, não entendo por que esteve no treino nesta sexta-feira. Deve pedir desculpas ou ser expulso, em caso contrário".

 

Segundo revelou o jornal francês "L'Equipe", Anelka se dirigiu a Domenech com duros insultos no intervalo da partida contra o México, disputada no último dia 17, em Polokwane, e que terminou com derrota francesa por 2 a 0.

 

O insulto aconteceu no vestiário, depois que o técnico criticou o posicionamento do atacante em campo, dizendo que ele vinha sendo pouco ofensivo.

 

Os rumores sobre uma iminente expulsão de Anelka se propagaram hoje pela delegação francesa. De manhã, segundo o "L'Equipe", houve uma reunião entre Domenech, Anelka e o capitão, Patrice Evra, que precedeu a outra, de uma comissão disciplinar da Federação, que decretou sua expulsão.

 

Anelka segue os passos de Eric Cantona, que 1988 insultou o então técnico da França, Henri Michel, porque não o selecionou para um amistoso contra a Tchecoslováquia, e ficou um ano afastado da seleção.

 

Anelka se negou a jogar na seleção sob o comando de Jacques Santini e permaneceu três anos fora da equipe, até que Domenech o chamou em novembro de 2005.

 

O ambiente na seleção francesa ficou ruim em um momento que coincide com um momento esportivo ruim. Após a derrota para o México, a França se encontra na difícil situação de ter de vencer a África do Sul, na terça-feira, e esperar que no outro jogo do grupo Uruguai e México não empatem, porque esse resultado a deixaria fora de qualquer maneira.

 

Foto: (EFE)

Anúncio
clique para comentar

Deixe uma resposta

Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio
%d blogueiros gostam disto: