Conecte-se a nós

Notícias

Ampliação do Hospital Tereza Ramos chega a 95%

Published

em

Foto: Susana Küster

A ampliação do Hospital Tereza Ramos, em Lages, está concluída em 95%, e a previsão é que até dezembro deste ano chegue a 100%, seguindo o que prevê o cronograma do contrato. Porém, o engenheiro residente da obra, Eduardo Tigre, acredita que a parte física esteja pronta antes do prazo.

O prédio já possui janelas, vidros e instalações elétricas e hidrossanitárias (água e esgoto) prontas. Os gases medicinais e o sistema de climatização também foram finalizados. “Aos poucos, o mobiliário está sendo entregue e instalado. Somente, a parte física da obra teve um investimento do Governo do Estado de R$ 86 milhões”, frisa o engenheiro da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR), Aldo Antônio da Silva.

Os funcionários do Consórcio CDG/Progredior, empresa responsável pelos trabalhos, executam agora, os serviços de pintura, montagem de portas, instalação de depósitos de lixo e de três elevadores, urbanização externa, e, na construção de uma rampa de acesso aos serviços que está sendo construída nos fundos da estrutura.

Uma das ações que precisa ser executada é o lançamento de um edital de licitação para a compra de equipamentos hospitalares, como os cirúrgicos e de imagens, o que, segundo o secretário da ADR, Juarez Mattos, deverá ser feito até final de agosto. O valor deste investimento está estimado em R$ 15 milhões. “O preço pode mudar porque a compra é por pregão, então, o Estado estipula um custo, porém pode sair mais baixo pela concorrência”.

 

Contratação

 Ainda não há definição de que forma será feita a contratação dos funcionários para a nova estrutura. Segundo Mattos, a Secretaria de Estado da Saúde está planejando, porém é para que o início do ano que vem uma parte da estrutura estar funcionando. “Concurso este ano não pode ser feito devido ao processo eleitoral, quem sabe um processo seletivo seja uma alternativa. Quando todo o prédio estiver em funcionamento, de 600 a 700 funcionários trabalharão no local divididos por turnos. A ideia é inaugurar os setores aos poucos para operar gradativamente”.

 

Abrangência

O HTR possui 74 anos e cerca de seis milhões de atendimentos realizados ao longo desta história. Após ser concluído, o novo bloco terá capacidade para 93 leitos eletivos e mais 30 na UTI. A ampliação beneficiará 800 mil pessoas de 67 municípios catarinenses que encontram no hospital, um centro de referência e excelência nos serviços de alta complexidade em cirurgia bariátrica, gestações de alto risco, infectologia, tratamento de queimados e oncologia.

Números

R$ 86 milhões foi o que custou a parte física do prédio

R$ 15 milhões é o valor estimado na compra de equipamentos hospitalares

67 municípios são abrangidos pelo hospital

93 leitos eletivos e mais 30 de UTI no novo prédio

 

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio
Anúncio

Cinema

Facebook

Anúncio
%d blogueiros gostam disto: