Conecte-se a nós

Esportes

África do Sul fica perto de ser 1ª anfitriã a deixar Copa antes do mata-mata

Published

em

ohanesburgo 17 jun (EFE)

 

A África do Sul está com a corda no pescoço para não quebrar uma escrita histórica: com um empate e uma derrota nos dois primeiros jogos, o time pode ser o primeiro anfitrião eliminado na fase inicial de uma Copa do Mundo.

 

O desafio do time comandado por Carlos Alberto Parreira é grande. A derrota por 3 a 0 para o Uruguai, na quarta-feira, deixou o país abatido.

 

Além disso, a partida aconteceu em uma data muito importante para os sul-africanos. No dia 16 de junho é celebrado o "Youth Day" (Dia da juventude), com grande significado na luta pelos direitos da população negra do país.

 

Nas 18 Copas anteriores, a equipe da casa sempre passou da primeira fase, chegando à final em oito e conquistando seis títulos.

 

Agora, os "bafana bafana" precisarão de uma exibição consistente e uma vitória contra a França, na última rodada, além de torcer por resultado favorável na partida entre México e Uruguai.

 

O jogo contra os franceses acontece na próxima terça, dia 22, às 16h locais (11h de Brasília), em Bloemfontein. Ao mesmo tempo, México e Uruguai jogarão em Rustemburgo.

 

Caso seja eliminada no dia 22, a África do Sul sairá da Copa 11 dias após seu início, e ainda faltarão três semanas até o fim do torneio.

 

Ainda não é possível medir as consequências de uma eliminação sul-africana na primeira fase, mas há alguns receios. A possível falta de interesse dos sul-africanos nas fases finais, por exemplo, preocupa.

 

A derrota por 3 a 0 para o Uruguai, aliás, iguala as piores goleadas sofridas pelos donos da casa em Copas, repetindo a derrota por 5 a 2 da Suécia para o Brasil na final de 1958 e os 4 a 1 da Itália sobre o México, que jogava em casa, em 1970.

Foto: (EFE)

Compartilhe

Rua Coronel Córdova, 84 - Centro - CEP: 88502-000 - Lages (SC) - Brasil . Contato - Fone: 49 3221.3300 e-mail: correiolageano@correiolageano.com.br

Todos os direitos autorais são propriedade do Correio Lageano e Portal CLMais