Conecte-se a nós

Notícias

Ações da Polícia Rodoviária Federal aumentarão segurança para ciclistas

Published

em

Conhecido como “lifepaint”, tem o objetivo de aumentar a visibilidade dos motoristas no período noturno, evitando desta forma os atropelamentos - Foto: PRF/ Divulgação

Com a intenção de aumentar a segurança dos ciclistas que trafegam pela BR-116, a Arteris Planalto Sul, concessionária da rodovia, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e grupos de ciclistas se reuniram essa semana em Lages. O objetivo foi encontrar os principais problemas enfrentados pelos ciclistas e maneiras de solucioná-los.

Foi montado um grupo chamado “Ciclismo Seguro em Lages”, com o objetivo de difundir dicas de segurança e campanhas que serão feitas nos próximos meses pela Autopista, que também fará treinamento com ciclistas.

A concessionária também quer criar uma identidade visual para divulgar dicas de segurança com folders nas praças de pedágio e bases operacionais, e também nos painéis publicitários que ficam na rodovia. A PRF vai intensificar a fiscalização nos trechos de perímetro urbano dos municípios.

Na reunião, os ciclistas disseram que o mais importante agora é a conscientização dos motoristas, já que, segundo eles a grande maioria não respeita o espaço onde pedalam. A concessionária possui um gráfico com os tipos de acidentes mais comuns no perímetro urbano de Lages, e também os horários onde são mais frequentes. A intenção é que os ciclistas procurem os melhores locais e os horários em que é mais seguro praticar o esporte na rodovia.

Horários perigosos

Durante a madrugada, entre meia-noite e cinco horas, ocorrem 11,7% dos acidentes; de manhã, entre 6 e 11 horas, o percentual vai para 28,6%; de tarde, entre meio-dia e 17 horas, as ocorrências vão para 29,83%, e, de noite, é o maior percentual, de 29,88%.

Nenhum acidente envolveu ciclista. No levantamento feito pela Arteris Planalto Sul, foram registrados em 2017 e no primeiro semestre de 2018, 2,112 mil acidentes na BR-116, no trecho de Santa Catarina. Sendo que 49 pessoas morreram e 35 delas eram de acidentes do tipo colisão.

Cuidados

O cabeleireiro Flávio dos Santos Junior, participa de um grupo de ciclismo em Lages. Ele costuma pedalar durante a madrugada e no início da manhã. Para a pedalada ficar segura, ele conta que é preciso usar acessórios de segurança, como roupas de ciclismo e capacetes com refletores, além de lanternas com pisca. “Pedalar em grupos também torna o passeio mais seguro. Mesmo assim é preciso trabalhar com a conscientização dos ciclistas e motoristas”, conclui.

Uso de spray refletivo aumenta a visibilidade para motoristas

A Arteris Planalto Sul, concessionária da BR-116, passou a utilizar um spray refletivo para uso noturno em ciclistas e pedestres que transitam na rodovia. O spray é invisível a luz do dia, mas a noite brilha e reflete com os faróis dos carros, assim como as placas de sinalização viária.

Conhecido como “lifepaint” ou pintura de vida, tem o objetivo de aumentar a visibilidade dos motoristas no período noturno, evitando desta forma os atropelamentos. No trecho da concessionária, os inspetores de tráfego ficam com o spray nas viaturas e durante a rota, caso identifiquem um pedestre ou ciclista durante a noite, com pouca visibilidade para o motorista, fazem a abordagem, explicam o funcionamento do produto e pedem permissão para usá-lo.

Anúncio
Anúncio

Capa do Dia

Anúncio

Facebook

%d blogueiros gostam disto: