Conecte-se a nós

Notícias

40 anos do primeiro transplante de coração no Brasil

Published

on

Foto: Divulgação

Há 50 anos, o lavrador de Mato Grosso João Boiadeiro, codinome de João Ferreira da Cunha, viu sua vida mudar ao se transformar no primeiro brasileiro a ter o coração transplantado a partir de uma cirurgia no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), inaugurando uma nova etapa na cardiologia brasileira e latino-americana.

Sofrendo de uma doença degenerativa, ele obteve a esperança com o transplante. Mas morreu 28 dias após a cirurgia, em consequência de rejeição do órgão.

O transplante de João Boiadeiro ocorreu seis meses após o primeiro realizado no mundo por uma equipe da África do Sul.

Assim, em 26 de maio de 1968, o Brasil entrava no grupo de países pioneiros do transplante de coração.

No Brasil, o primeiro transplante de coração foi feito pelas equipes dos professores Euryclides de Jesus Zerbini, na cirurgia cardiotorácica, e Luiz Venere Décourt, na clínica.

Os professores iniciaram o processo de criação do Instituto do Coração do HCFMSUP (Incor).

Avanços

O presidente do Incor, Roberto Kalil Filho, disse que entre as principais conquistas estão os avanços dos medicamentos que evitam a rejeição ao transplante.

“Nesse meio-tempo surgiram medicamentos contra a rejeição mais eficazes e com menos efeitos colaterais, além de máquinas de suporte ao coração mais eficientes, tendo à frente os modernos ventrículos artificiais portáteis, aparelhos que prologam por mais de cinco anos a vida de pacientes que esperam por um órgão ou que não podem se submeter ao transplante”,afirmou o médico.

Paralelamente, há um esforço conjunto da iniciativa pública e privada para reduzir a chamada janela de captação do coração (momento entre a retirada do órgão do doador e seu implante no receptor) para no máximo quatro horas, mantendo uma complexa logística com ambulâncias, voos fretados e helicópteros.

No Incor, há uma maleta térmica, usada na Europa, que mantem a temperatura do coração doado em condições ideais para a conservação do órgão para transplante (8°C a 10°C), sem a utilização de gelo.

 

Fonte: Agência Brasil

Comentários
Compartilhe

Notícias

Tanque é alvo de vandalismo

Published

on

Uma impressora foi encontrada dentro da água - Fotos: Divulgação

O Parque Jonas Ramos, o Tanque, no Centro de Lages, foi alvo de vândalos na madrugada deste domingo (24). Além de latas, garrafa e caco de vidro espalhados pelo parque, dentro da água havia até uma impressora.

Em seu perfil no Facebook, o secretário do Meio Ambiente, Euclides Mecabô, lamentou a depredação e disse: “Isso representa uma falta de consciência da importância dos equipamentos públicos”.

Para o secretário, estes danos provocam prejuízos para o patrimônio público, a ideia é que a comunidade ajude nestes casos, denunciando quando possível. As providências serão tomadas junto aos órgãos competentes para que possam identificar as pessoas e posteriormente responderem pelos seus atos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

Homem morre após briga em Abdon Batista

Published

on

Foto: Divulgação

Um homem morreu e outro ficou ferido após uma briga na noite deste sábado (23) no Conjunto Nova Esperança, no município de Abdon Batista.

Segundo informações, os dois homens estavam em um bar, quando iniciou uma discussão. Um deles, identificado como Dirceu de Assis, de 39 anos, foi atingido por um disparo de arma de fogo que teria sido efetuado por Valdair de Chaves, que também foi ferido com golpes de faca.

Os envolvidos foram encaminhados para o hospital Dr. José Athanásio, em Campos Novos, com auxílio da ambulância da saúde e Samu. Dirceu morreu ao dar entrada no hospital.

Valdair foi preso pela Polícia Militar ao deixar a emergência do hospital, e levado a Delegacia de Polícia Civil, em Lages. Os motivos do crime serão investigados.

Fonte: Portal Oséias Inácio

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Notícias

Valor de terreno onde Berneck pode se instalar é incerto

Published

on

Terreno fica próximo a Seara, nas margens da BR-116, em Lages - Foto: Susana Küster

Continua a discussão sobre o valor do terreno, que fica às margens da BR-116, próximo à empresa Seara, onde a Berneck pretende se instalar, em Lages. Em parte do terreno de 576.943,02 metros quadrados há um reflorestamento de pinus e o conjunto foi avaliado pelo município em R$ 2,5 milhões. O valor foi recusado pelos proprietários da área e o Poder Judiciário, por meio de um oficial de Justiça, avaliou em R$ 2,6 milhões.

A família Arruda Schroeder, que é proprietária do terreno, entrou com recurso no Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que determinou que um técnico faça nova perícia judicial. Este trabalho já começou e, segundo informações da prefeitura, deve ser concluído em 30 dias.

Segundo a Procuradoria-Geral do Município (Progem), os atuais proprietários reivindicam R$ 6.783.460. A diferença entre o valor averiguado pelo município e o solicitado pela família é de R$ 4.213.460 e a diferença entre o valor apontado pelo oficial de Justiça e o da família é de R$ 4.143.950.

O que os proprietários alegam para pedir um valor mais alto é que o terreno se caracteriza como sendo urbano e não rural, como defende a prefeitura.

Enquanto essa pendência não se resolve, o município fechou acordo com a Seara, através de um Termo de Acordo de Desapropriação, no valor de R$ 753 mil, pois a empresa é proprietária de parte do terreno onde a Berneck pretende se instalar. O valor pedido pela Seara é o mesmo constatado pelo laudo técnico solicitado pela prefeitura.

Mesmo ainda não tendo um valor definido para o terreno, o município depositou em juízo R$ 2,5 milhões referentes à segunda área, para a família.

Comentários
Compartilhe
Continue Lendo

Rua Coronel Córdova, 84 . Centro . 88502-000 . Lages . SC . Brasil . Fone: 49 3221.3300 . correiolageano@correiolageano.com.br

CL+| Correio Lageano - Todos os direitos reservados ©